O Observatório Social do Brasil | Novo Hamburgo, apresenta o seu 1º Relatório Quadrimestral

O relatório traz à sociedade os primeiros resultados das ações que estão sendo desenvolvidas.

Publicado para | Destaque em 18 de maio de 2017 08:09

Novo Hamburgo/RS – Com o propósito de mostrar à sociedade civil os primeiros resultados das ações que estão sendo desenvolvidas, o Observatório Social de Novo Hamburgo apresentou, na tarde de terça-feira (16) o seu primeiro relatório quadrimestral. O evento aconteceu no auditório da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, tendo a coordenação do presidente do Conselho de Administração, Marcelo Clark Alves, e explanação do vice-presidente de Assuntos de Controle Social e Metodologia, João Viega da Rocha Neto.

No relatório do diagnóstico dos portais de transparência da Prefeitura Municipal, autarquias e empresas públicas de Novo Hamburgo, foram utilizados os critérios definidos pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS) que baseiam o Observatório Social e, do total de itens avaliados, metade se enquadra adequadamente e a outra metade tem oportunidade de melhorias. “Este é o começo de um trabalho que veio para ficar e o objetivo do Observatório está em buscarmos sempre a transparência e qualidade na aplicação dos recursos públicos, acompanhando as publicações dos órgãos públicos, verificando editais, fazer pesquisa de mercado, focando na correção do gestor em caso de inconformidade, entre tantos outros aspectos. Partimos do zero e o que se quer é trabalhar em conjunto, e tivemos uma recepção muito boa no Executivo, que se mostrou parceiro desde o início da instalação. E também agora no Legislativo pois apresentamos a estrutura e forma de atuação para a mesa diretora”, destacou Marcelo Alves.

João Rocha Neto fez um histórico sobre a instalação do Observatório, apresentou a estrutura e metodologia, ressaltando que são organizações instituídas e mantidas pela sociedade civil, tendo por objetivo promover a conscientização da sociedade para a cidadania fiscal e propor aos governos locais a adequada e transparente gestão dos recursos públicos, por meio de ações de participação e controle social. “Um dos propósitos do Observatório é ser um aliado do Executivo e, por ser um trabalho voluntário, queremos que mais pessoas participem, assim como estamos buscando parceiros como mantenedores”, ressaltou. O de Novo Hamburgo foi instalado dia 5 de outubro do ano passado. Durante o encontro na ACI, a Prefeitura estava representada pelo assessor Especial de Gabinete, advogado José Cacio Bortolini, e o evento contou com a presenta do vereador Naasom Luciano.

 

REUNIÃO – Antes da apresentação do relatório quadrimestral, a ACI recebeu os integrantes da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo, ocasião em que os legisladores tiveram a oportunidade em conhecer de perto as ações que são desenvolvidas pelo Observatório Social Novo Hamburgo. Estavam presentes a presidente Patricia Beck (PPS), o vice-presidente Naasom Luciano (PTB), o 1º secretário Felipe Kuhn Braun (PDT) e o 2º secretário Vladi Lourenço (PP). Eles foram recepcionados pelo presidente da ACI, Marcelo Clark Alves, pela vice-presidente de Serviços, Tanha Schneider, pelo diretor de Relações Institucionais, Marco Aurélio Kirsch, e os integrantes do Conselho de Administração do Observatório Social de Novo Hamburgo, André Arrué, João Rocha e Maria Regina Winger Abel, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Novo Hamburgo.

Fonte: ACI/NH/CB/EV

Mantenedores

ObservatórioSocial de Novo Hamburgo

O Observatório Social do Brasil | Novo Hamburgo é um espaço para exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário, reunindo o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública. É integrado por cidadãos que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude: em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos.